Abandonei (de novo), mas voltei

Okay, vamos ser sinceros um momento: já cansei de contar as postagens nesses últimos dois anos (Sempre o tempo correndo demais...) que eu falei sobre ter abandonado o blog e avisei que estaria de volta pra valer...

Sinceramente, qual o meu problema em manter um compromisso e não abandonar projetos,  principalmente aqueles que eu gosto? Talvez eu deixe a rotina me monopolizar e acabo sendo engolida pelo meu trabalho de "gente séria", porque viver apenas de blog e Youtube só quem é muito pop, e eu acabo pressa nesse ciclo vicioso onde me deixo levar pelos compromissos muito importantes de gente grande que eu tenho... Esse papo começa a me lembrar do pequeno príncipe

Mas cansei, não posso contar a quantidade de vezes que pensei como queria voltar com o blog e o canal no Youtube e a preguiça acaba com o meu combustível, então eu me dei um ultimato: ou eu agora volto de vez e vejo se dar certo (melhor do que a eterna incógnita) ou abandono de vez e fecho o site.

Vamos ver no que vai dar? Eu pelo menos estou curiosa em quão eu consigo mudar meus hábitos e costumes.

Afinal é muito mais fácil abandonar algo por medo do resultado final, ou de assumir que é isso que talvez eu queira fazer ao invés de ficar trancafiada em um escritório como um robô.

Sobre os nossos pré-Conceitos


     É engraçado como algumas vezes nos surpreendemos com as pessoas e com os seus preconceitos, eu por exemplo sei de vários casos mas pra não polemizar muito vamos falar do assunto que tem bombado nessa década e está sendo abordado em massa pela mídia, os homossexuais.

     Posso falar por experiência própria (já que a maioria dos meus amigos são gays, bissexuais e lésbicas) que entendo um pouco sobre o assunto e me abismo com os comentários que escuto até mesmo vindo de pessoas que eu considero entendidas e inteligentes. 

     Como por exemplo pode uma pessoa, vamos chama-la de X, dizer que não é homofobia mas acha um absurdo a rede globo passar beijo gay na novela das nove. Ou essa outra, a pessoa Y, falar que homofóbico é só quem agride gay e não entender que ser contra casamento e adoção por homossexuais é também uma forma de agressão. 

     Não me entendam errado não sou nenhuma puritana que não tenho preconceitos eu, por mais que gostaria de não os ter tenho os meus também, mas como o nome diz eles são conceitos formados erroneamente por mim antes de conhecer algo e eu tento o meu melhor desconstruí-los ou pelo menos guarda-los a sete chaves em um bau que nunca abro. 

     Acho que a nossa sociedade esta tão preocupada em colocar rótulos nos homossexuais e querer diminuir seus direitos que nos esquecemos que eles são pessoas iguais a gente e como nos sentiríamos se a situação fosse ao contrario? Ou então tentamos justificar nossas razões e preconceitos na religião mas espera ai, nos vivemos em um país laico, que pra quem não sabe o que isso significa é a separação de poderes entre o Estado e a Religião, e os homossexuais querem seus direitos reconhecidos pelo Estado.

     Então sou a favor sim do casamento e da adoção por casais do mesmo sexo e na minha concepção homofobia já é crime, só falta ser reconhecido pela lei. Agora só falta pararmos com esse puritanismo que temos e começarmos a aceitar as pessoas que estão a nossa volta por quem elas são independente de quem isso seja e parar que querer controlar cada aspecto da vida delas para que se encache em algum modelo de moral que temos.

     Se você quer saber mais sobre o assunto, com uma pitada de humor recomendo que se inscreva no canal Põe Na Roda foi de lá que tirei inspiração pra escrever esse texto que já queria ter feito a muito tempo.

     Abaixo estão alguns videos do canal que eu recomendo.





           Acompanhe o blog também no: ★ Facebook  Twitter ★ Instagram ★ YouTube ★ Bloglovin' 

Já posso casar - Biscoitos o Jamie Oliver

     Resolvi começar uma serie nova aqui no blog de culinária, porque apesar de adorar cozinhar tenho feito pouco isso e precisava de um pouquinho mais de "inspiração".
   
     O nome me veio de uma frase que a minha avó e acredito que muitas outras também fala toda vez que me vê cozinhado ou come algo que eu fiz que é a famosa "nossa, já pode casar", acho que ouvi isso tantas vezes que ficou no meu subconsciente de que uma coisa esta ligeiramente ligada a outra hahaha.

     Como sou um pouco muito viciada em doces nada melhor do que começar com uma receita que me deixou com aguá na boca quando vi e é super simples. Clique aqui para ver a original da recita em inglês no site do Jamie Oliver pra quem quiser conferir.



     Ingredientes:

50g de manteiga sem sal
200g de chocolate amargo (70% de cacau)
1 lata de leite condensado
25g de amêndoas (eu usei também castanhas e nozes)
200g de farinha
50g de chocolate branco

     Forma de Preparar:

Derreta a manteiga e o chocolate em uma panela com fogo baixo até ficar homogêneo. Desligue o fogo e adicione o leite condensado e as amêndoas. Misture com a farinha e deixe descansar na geladeira por entre 20 e 30 minutos. Após, pique o chocolate branco e adicione-o a massa. (Se quiser guardar uma parte da massa para assar depois esse é o momento, e a mesma pode ser armazenada no congelador por meses.)

Pré-aqueça o forno em 170ºC. Divida a massa em bolinhos de tamanho médio para o pequeno. Forre a forma com papel manteiga e passe os bolinhos feitos para a mesma amassando um pouquinho eles para que se tenha mais o aspecto de biscoitos. Leve eles para assar por entre 10-12 minutos e voilà seu cookies estão prontos para serem servidos.

Se vocês tentarem fazer o biscoito me marquem nos Instagram ou no Facebook que vou adorar ver como ficou o de vocês!!



           Acompanhe também no: ★ Facebook  Twitter ★ Instagram ★ YouTube ★ Bloglovin' 


Por que Sumi?


     Eu podia colocar a culpa na inspiração, ou melhor, falta da mesma mas resolvi ser sincera e falar a verdade o motivo pelo qual eu sumi foi a minha própria indisciplina de fazer posts e cumprir as minhas promessas de post.

     Agora porque isso ocorreu você me pergunta, porque eu nunca fui muito boa com compromissos eu esqueço deles, os desmarco em cima da hora e sempre adio pra depois afinal esse episodio, filme, livro, qualquer coisa é mais interessante. Acho que talvez o motivo que eu faça isso esteja ligado um pouco com o medo de rejeição sabe, se eu fizer primeiro não corro risco.

     Então deixar de lado o blog era mais fácil do que admitir que talvez ninguém leia ele, e ninguém realmente se importe com os meus motivos, duvidas, dicas, viagens e acima de tudo necessidade de falar e ser aceita entendida, mas nas minhas reflexões decidi que não me importo mais a vontade de falar e gritar pro mundo o que estou fazendo e sentido é minha então eu devo continuar com o blog e o que vier disse é lucro

     Não sei se um dia o blog vai fazer sucesso, ou eu vou ser quem eu espero um dia me tornar mas me lembrei, e isso vai parecer piegas, da frase de um filme que vi a muito tempo e dizia "Que o medo de perder não te impeça de jogar" e também a de um livro que não importa o que sempre vai ser meu favorito que diz "Não vale a pena mergulhar nos sonhos e esquecer de viver"

     Resumindo o que quero dizer é que estou de volta e dessa vez não vou a lugar nenhum, vou continuar tentando e fazendo posts que talvez ninguém leia mas o importante é que vou estar fazendo meu melhor.

           Acompanhe também no: ★ Facebook  Twitter ★ Instagram ★ YouTube ★ Bloglovin'